Última hora

Última hora

Separatistas boicotam eleições no leste da Ucrânia

Em leitura:

Separatistas boicotam eleições no leste da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Os separatistas pró-russos boicotaram as eleições em grande parte da região leste da Ucrânia. As autoridades do país dizem que apenas 20% das mesas de voto estavam a funcionar em Donetsk e Lugansk, duas regiões com cerca de cinco milhões de habitantes. Na cidade de Donetsk não foi aberta nenhuma mesa de voto e as ruas estavam desertas, tal como em Kramatorsk.

O português João Soares, coordenador dos observadores da Organização
para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) nas eleições ucranianas, esteve em Donetsk antes da abertura das urnas e explicou que os separatistas criaram um clima intimidação. Em declarações à Agência Lusa, João Soares disse a equipa de observadores constatou que “as pessoas estavam com muito medo” na cidade.

Recorde-se que as regiões de Lugansk e Donetsk se autoproclamaram “repúblicas populares independentes” e os líderes separatistas deixaram claro que iriam fazer tudo para impedir a realização das eleições que consideram ilegítimas.
O conflito no sudeste da Ucrânia entre os rebeldes pró-russos e o exército ucraniano já provocou mais de 150 mortos desde 13 de abril.