Última hora

Última hora

Egito: 3 dias para eleger novo presidente

Em leitura:

Egito: 3 dias para eleger novo presidente

Tamanho do texto Aa Aa

A comissão eleitoral egípcia prolongou por mais um dia a eleição do novo presidente do país.

Como incentivo à participação no escrutínio o primeiro-ministro, Ibrahim Mehleb, decretou terça-feira como dia feriado para os funcionários públicos, recomendando ao setor privado a adoção de medidas idênticas.

Na corrida ao cargo de chefe de Estado e apontado como o grande favorito, está o marechal Abdel Fattah al-Sissi, que derrubou o islamita Mohamed Morsi.

Um eleitor afirma ter votado em al-Sissi por causa da “estabilidade e segurança e, também, porque ele explicou seu programa, em detalhe. Na minha opinião, ele tem boas ideias, independentemente das circunstâncias”, conclui.

“Espero que al-Sissi crie postos de trabalho para os nossos jovens pois, saem das faculdades e não encontram emprego. Queremos que crie oportunidades de trabalho e que inicie projetos para os jovens pois eles estão cansados de serem honestos depois de dois líderes, Morsi e Mubarak, que acabaram com o país,” afirma este egípcio.

Al-Sissi apelou ao votou e espera ser eleito por um número massivo de egípcios.

Ausente das eleições está a Irmandade Muçulmana, que elegeu Mohamed Morsi nas presidenciais de 2012, por ter sido considerada uma “organização terrorista”.