Última hora

Última hora

Ucrânia: Rússia pede o fim dos combates para iniciar diálogo

Em leitura:

Ucrânia: Rússia pede o fim dos combates para iniciar diálogo

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia pede o fim imediato dos combates no leste da Ucrânia.

Numa conversa telefónica com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, Vladimir Putin terá afirmado que defende o diálogo para por fim à crise, mas que é preciso que as armas se calem.

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergey Lavrov, deixou uma mensagem clara ao presidente eleito da Ucrânia:

“Se Petro Poroshenko quer utilizar armamento pesado e a Guarda Nacional antes da tomada de posse para oprimir a resistência no sudeste e se quer entrar em Donbass como vencedor, isto dificilmente criará condições para que seja bem recebido na região de Donetsk”.

Petro Poroshenko afirma, por seu turno, que Kiev precisa de Moscovo para por fim ao conflito:

“A Rússia é o nosso maior vizinho e acabar com a guerra, restabelecer a paz na Ucrânia e trazer estabilidade à parte leste do país será impossível sem a participação de representantes russos”.

O exército ucraniano lançou, na segunda-feira, uma ofensiva para retomar o controlo do aeroporto de Donetsk, que foi tomado de assalto na noite da eleição presidencial pelas milícias separatistas.