Última hora

Última hora

Ucrânia: ultimato do Exército depois de ataque sem precendentes contra aeroporto

Em leitura:

Ucrânia: ultimato do Exército depois de ataque sem precendentes contra aeroporto

Tamanho do texto Aa Aa

Forças ucranianas lançam ultimato, depois de mais de cinquenta separatistas pró-russos serem mortos durante assalto sem precedentes para retomar o controlo do aeroporto de Donetsk.

Os insurgentes, que permitiram o acesso de jornalistas a uma morgue da cidade rebelde, dizem que há perto de uma centena de vítimas mortais, incluindo civis.

O ataque do Exército ucraniano, com recurso a aviões e helicópteros de combate, marca uma mudança na estratégia de Kiev.

O correspondente da euronews, Sergio Cantone, explica que pode ver os mortos da batalha pelo aeroporto e todos os que viu eram combatentes da autoproclamada República Popular de Donetsk. No entanto, acrescenta que “vai ser difícil fazer o balanço exato dos mortos, porque existe também uma guerra de números” entre Kiev e os separatistas que controlam a cidade.

Segundo um porta-voz do Exército, os insurgentes foram instados a depôr as armas, se não querem morrer. O canal de televisão Russia Today disse que as forças armadas cercaram todos os acessos a Donetsk. Do lado dos rebeldes, a agência Ansa informou que a autoridade autoproclamada da cidade ordenou a evacuação dos civis.

Ao mesmo tempo, a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa anunciou ter perdido o contacto com uma das equipas de observadores internacionais estacionadas nos arredores da cidade.

Enquanto decorriam os combates no aeroporto, um incêndio devastou o estádio de hóquei de Donetsk, pertencente a um ex-ministro do regime do presidente deposto Viktor Ianukovitch.

  • Ukraine: battle for Donetsk

    euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews' correspondent

  • euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews correspondent Sergio Cantone

  • euronews correspondent Sergio Cantone