Última hora

Última hora

Egito: Candidatos presidenciais contestam prolongamento das eleições

Em leitura:

Egito: Candidatos presidenciais contestam prolongamento das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

No Egito as campanhas dos dois únicos candidatos presidenciais, Abdel Fattah al-Sisi e Hamdin Sabahi, contestaram a decisão da Comissão eleitoral de prolongar até esta quarta-feira as eleições.

Separadamente, as duas partes exprimiram o seu desacordo com o alargamento do prazo, após a fraca afluência às urnas na segunda e terça-feira, os dois dias previstos para a votação.

“De que serve ir votar se já era esperada a vitória de al-Sisi?”, disse um jovem cairota.

A Comissão Eleitoral Suprema do Egito argumentou que a decisão tomada permitirá que um maior número de eleitores exerça o seu direito de voto.Os observadores internacionais não partilham da mesma opinião.

“As decisões de última hora para grandes alterações nos procedimentos eleitorais, como por exemplo alargar o período de votação por mais um dia, devem ser tomadas apenas em circunstâncias extraordinárias. Os nossos 86 observadores creditados no Egito não viram nada que justificasse mais um dia”, afirmou Eric Bjornlund, chefe da missão de observadores da Democracia Internacional no Egito.

Os primeiros resultados deverão ser conhecidos por volta das 22:00 locais desta quarta-feira.