Última hora

Última hora

Itália e RDC finalizam processo de adoção

Em leitura:

Itália e RDC finalizam processo de adoção

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com um sorriso nos lábios que 31 crianças congolesas chegaram a Itália onde vão viver, a partir de agora, com os pais adotivos.

O processo de adoção começou em novembro de 2013, mas foi bloqueado pelo governo da República Democrática do Congo. Ao fim de dois meses os pais adotivos foram obrigados a abandonar o país.

O reencontro deu-se esta quarta-feira.

“As crianças estavam muito emocionadas e felizes, sobretudo, quando viram do avião que os pais estavam à espera delas. Conheciam-nos porque já tinham vivido com eles. Estavam muito contentes” Marianna Elena Boschi, ministra das Reformas Constitucionais.

Kinshasa interrompeu o processo de adoção devido a suspeitas de irregularidades. As dúvidas ficaram esclarecidas depois de o governo italiano ter enviado uma delegação ao país africano.