Última hora

Em leitura:

Apple entra no ritmo da Beats


empresas

Apple entra no ritmo da Beats

Dois mil e duzentos milhões de euros é quanto a Apple vai pagar pela Beats, fabricante de auscultadores e plataforma de música em “streaming”.

A Apple aposta assim forte no setor musical, em profunda mutação.

A Beats detém 250 mil inscritos, mas a Apple pretende torná-la um sério concorrente do Spotify, o líder, que detém 10 milhões de clientes.

A Apple recruta também os fundadores da marca: o rapper Dr Dre, 49 anos, e o produtor discográfico Jimmy Iovine, 61, que já produziu, por exemplo, Bruce Springsteen ou U2.

Esta é a maior aquisição da Apple, que tem visto estagnar as vendas de iPhone e recuar a compra de música na sua plataforma iTunes.

O mercado da música “streaming” está em plena ascensão. As inscrições aos serviços “streaming” duplicarem no ano passado, superando os mil milhões de dólares, segundo os dados da Federação da Indústria Fonográfica.

A Beats foi fundada em 2008.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas

Google constrói carro que não precisa de condutor