Última hora

Última hora

Ex-chefe do Exército vence sem surpresas presidenciais no Egito

Em leitura:

Ex-chefe do Exército vence sem surpresas presidenciais no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Na simbólica praça Tahrir do Cairo, os apoiantes de Abdel Fatah al-Sissi celebraram pela noite dentro a vitória esmagadora nas presidenciais egípcias.

O resultado do escrutínio, que não traz qualquer surpresa, consagra o poder das Forças Armadas onze meses depois da destituição do islamita Mohamed Morsi, primeiro presidente democraticamente eleito após a queda de Hosni Mubarak.

Um dos apoiantes de al-Sissi diz que o que deseja do novo chefe de Estado é que “ofereça o melhor” para as próximas gerações, acrescentando que “espera coisas boas”.

Segundo os resultados provisórios avançados pelos meios oficiais, o antigo chefe do Exército conquistou 96 por cento dos votos.

Mas a taxa de participação, estimada a apenas 44 por cento, pode pesar sobre a legitimidade do novo presidente. Antes do escrutínio, al-Sissi disse que esperava o apoio de pelo menos 45 milhões de eleitores, um número muito mais ambicioso do que os cerca de 25 milhões de votos conquistados numa eleição que os islamitas classificaram de “fraude”.