Última hora

Última hora

Barcelona a ferro e fogo pela quarta noite consecutiva

Em leitura:

Barcelona a ferro e fogo pela quarta noite consecutiva

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia regional catalã deteve 23 pessoas, após mais uma noite – a quarta – de violentos confrontos entre as forças da ordem e grupos de jovens. Em causa, o despejo e a demolição de um edifício ocupado ilegalmente há 17 anos.

O edifício Can Vies, no bairro popular de Sants, em Barcelona, foi despejado na segunda-feira, por decisão da justiça. Desde esse dia, cerca de 60 pessoas foram já detidas.

A quarta noite de protestos começou uma uma “cacerolada”: os manifestantes dirigiram-se com tachos e panelas para a esquadra de Los Corts, onde estavam alguns dos detidos das noites anteriores. Segundo testemunhas, jovens encapuzados surgiram então e começaram a lançar projéteis contra as forças da ordem, que responderam com carga policial.

O edifício, pertencente aos Transportes Metropolitanos de Barcelona, ocupado há 17 anos, alojava um centro cultural popular. O alcaide de Barcelona prometeu suspender a demolição, em troca do fim dos protestos e como condição para a instauração de um diálogo com os “okupas”.