Última hora

Última hora

Ucrânia: presidente eleito promete esmagar rebeldes

Em leitura:

Ucrânia: presidente eleito promete esmagar rebeldes

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades ucranianas podem reagir na manhã desta sexta-feira ao abate na quinta-feira de um helicóptero ucraniano que provocou 12 vítimas mortais, entre elas, um general.

O presidente-eleito Petro Poroshenko já afirmou publicamente que vai punir os responsáveis por este ataque.

O incidente ocorreu próximo a Sloviansk, na região oriental do país, região que tem estado sob controlo de forças separatistas.

Num desenvolvimento separado, o secretário de estado norte-americano, John Kerry, confirmou a retirada das forças russas da fronteira com a Ucrânia. Kerry, contudo, afirmou que os soldados estariam a ser substituídos por combatentes chechenos pró-russos.

O leste da Ucrânia continua sob controlo dos rebeldes pró-Moscovo.

Esta sexta-feira, ucranianos e russos sentam-se ainda à mesma mesa em Berlim sob os auspícios da União Europeia.

Em cima da mesa está a questão do abastecimento de gás russo ao país e do pagamento da dívida.