Última hora

Última hora

Multiplicam-se os confrontos na Ucrânia

Em leitura:

Multiplicam-se os confrontos na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia multiplicam-se os confrontos, pelo controlo das regiões separatistas, entre rebeldes e forças de segurança.

Em Donetsk, aviões militares governamentais bombardearam, esta manhã, uma área residencial, perto do aeroporto, local onde estão rebeldes. Na autoproclamada “República Popular de Donetsk“continuam as manifestações pró-Rússia e a luta por uma rutura com Kiev:

“Diante de nós temos, pelo menos, todo o sudeste da Ucrânia, mas tenho a certeza que vamos avançar ainda mais”, afirmou Denis Pushilin, líder das autoproclamadas autoridades locais.

Este sábado, Kiev acusou a Rússia de lançar uma campanha de propaganda para justificar a “agressão” no sudeste do país, com o objetivo de minar a legitimidade do Presidente recém-eleito, Petro Poroshenko. As autoridades ucranianas acreditam que Moscovo tem fomentado as rebeliões.

Do outro lado, a Rússia acusa o exército ucraniano de violar a Convenção de Genebra de 1949, relativa à proteção de civis. O Chefe da Diplomacia russa apelou ao seu homólogo norte-americano para convencer Kiev a cessar a ofensiva no sudeste da Ucrânia.