Última hora

Última hora

Turquia: Protestos e repressão policial no aniversário da manifestação no parque Gezi

Em leitura:

Turquia: Protestos e repressão policial no aniversário da manifestação no parque Gezi

Tamanho do texto Aa Aa

Gás lacrimogéneo e canhões de água, no centro de Istambul a polícia turca reprimiu com dureza os manifestantes que pretendia assinalar o primeiro aniversário de uma das maiores manifestações de sempre em décadas, além de protestar contra o governo.

As autoridades cortaram ruas e paralisaram transportes públicos para impedir o acesso dos manifestantes ao parque Gezi na praça Taksim onde os contestatários tencionavam por flores e proferir uma declaração.

Uma associação dos direitos humanos turca afirmou que pelo menos 83 pessoas foram detidas, 14 ficaram feridas.

Ancara, a capital, também foi palco de contestação ao primeiro ministro turco Recep Tayiip Erdogan.

Antes, Recep Tayiip Erdogan tinha avisado que se alguém tentasse ir até Taksim, as forças de segurança tinham ordens claras para fazer o necessário, de A a Z”.

No ano passado, os protestos no parque Gezi, em Taksim, originaram uma onda de contestação ao governo que se prolongou durante vários meses no país e que resultou na morte 19 pessoas e ferimentos em milhares de outras na sequência de confrontos com as forças da ordem.