Última hora

Última hora

Tranquilidade aparente em Banguecoque

Em leitura:

Tranquilidade aparente em Banguecoque

Tamanho do texto Aa Aa

A calma parece ter regressado a Banguecoque, um dia depois da demonstração de força por parte da junta militar que assume o poder na Tailândia.

A mobilização de milhares de soldados e polícias, na véspera, impediu que a manifestação contra o golpe de Estado reunisse milhares de pessoas.

“Depois dos problemas que tivemos é importante que a população se una e que as pessoas caminhem na mesma direção. Por isso concordo com as medidas impostas aos manifestantes” refere Cherdpan Kaewkamnerd, habitante de Banguecoque.

As concentrações com mais de cinco pessoas estão proibidas na Tailândia.

Este domingo, várias ruas da capital foram, por isso, cortadas e postos de controlo instalados. Medidas que o chefe do exército justifica em prol da reconciliação nacional.

O golpe de Estado ocorreu no final de maio depois de meses de manifestações que provocaram 28 mortos e mais de 800 feridos.