Última hora

Última hora

Banco Lloyds põe em causa negócio milionário para a Rosneft

Em leitura:

Banco Lloyds põe em causa negócio milionário para a Rosneft

Tamanho do texto Aa Aa

O banco Lloyds retirou-se de um negócio milionário entre a BP e a petrolífera russa Rosneft. Juntamente com o Deutsche Bank, o HSBC e o Bank of China, o banco britânico era um dos financiadores do empréstimo que ia permitir à BP comprar petróleo bruto e produtos refinados à Rosneft. Um negócio avaliado entre 1100 milhões de euros e 1.4 mil milhões de euros.

O Governo britânico detém uma participação de 25% no banco. O Executivo tem condenado a Rússia pelos acontecimentos na Crimeia e no leste da Ucrânia.

O presidente da Rosneft, Igor Sechin, foi imposto pelas sanções norte-americanas.