Última hora

Última hora

Gujarat: uma pérola indiana

Em leitura:

Gujarat: uma pérola indiana

Tamanho do texto Aa Aa

Gujarat, no oeste da Índia. É um estado deslumbrante e diversificado que revela tesouros escondidos dos turistas.

Kirti Thakar faz a visita guiada: “Estamos em Champaner, uma cidade com uma arquitetura maravilhosa trazida pelos afegãos.”

Era uma vez havia um rei muçulmano, que pôs os olhos num reino vizinho, o dos Rajputs, que era muito fortificadas e conhecido por ser invencível. A estratégia rei era capturar fortificações menores e cercar a colina: “Este acampamento foi utilizado como acampamento base do exército de Begada que conquistou Champaner”, acrescenta.

Durante 20 meses, os Rajputs resistiram contra o sultão e seu exército. No final, escolheram o suicídio coletivo a desistir. Durante o sultanato Champaner era a capital, foi criada por volta de 1484, mas a sua glória durou pouco, pois em 1535, Humayun, o segundo imperador do Império Mughal, atacou Champaner que ficou destruída, nunca recuperou a sua antiga glória.

Durante séculos, Champaner ficou em ruínas escondidas pela vegetação. Uma equipa de arqueólogos começou as escavações nos anos setenta desenterrando o seu passado glorioso.

No entanto, não é um local estranho para os peregrinos, os indus vêm adorar a deusa Kali no seu templo. Uma família de peregrinos veio para rezar no templo de Kali, mas ficou encantada com a beleza dos vestígios arqueológicos.

Champaner-Pavaghad hoje é património da UNESCO: “Temos vindo aqui desde que éramos crianças,conhecemos este local desde essa altura. Desde que o governo o declarou como sendo de interesse cultural, cada vez mais pessoas o vêm visitar.”

Os cercos e conquistas pelos quais Champaner-Pavaghad já passou fazem parte da memória coletiva dos habitantes locais, este mural é um testemunho.

“É um estilo de arte denominado Pitura, que só se encontra nesta região e tem sido perpetuado há seis gerações. Os locais decidiram unir-se e em 9 dias fizeram este mural”, conclui o habitante local Deepna Rakna.