Última hora

Última hora

Gaza: Funcionários do Hamas com salários em atraso

Em leitura:

Gaza: Funcionários do Hamas com salários em atraso

Tamanho do texto Aa Aa

Em Gaza, funcionários públicos contratados pelo Hamas protestaram junto dos bancos quando não foram pagos sob o regime da nova administração de unidade nacional.

Após a expectativa criada pela tomada de posse do novo executivo, cerca de 20 mil funcionários públicos de Gaza reclamaram salários em atraso já há algumas semanas.

“Como podem ver o banco está encerrado. A polícia e as forças de segurança impedem que o banco abra as portas e as pessoas recebam os seus salários”, disse um funcionário.

“Estão encerrados e, apesar de os salários já terem chegado, recusam-se a pagá-los. Queremos os nossos salários. Perguntámos porquê e disseram-nos que seremos pagos no próximo mês, dado que o governo tomou posse há alguns dias”, afirmou outro.

O problema está a tentar ser resolvido a nível das altas esferas do Hammas e da Fatah, que tinham folhas de salários separadas antes da formação do atual governo.