Última hora

Última hora

Líderes do G7 reforçam pressão sobre Putin

Em leitura:

Líderes do G7 reforçam pressão sobre Putin

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia deve pôr fim a todas as ações de destabilização no Leste da Ucrânia se não quer sofrer novas sanções. O aviso foi feito pelos líderes do G7 em comunicado, depois de um jantar em Bruxelas.

Os dirigentes dos sete países mais industrializados disseram também que Vladimir Putin deve “cooperar” com o novo presidente ucraniano e ordenar a retirada das tropas russas acumuladas junto à fronteira com o país vizinho.

A chanceler alemã, Angela Merkel, sublinhou que “se não houver um progresso nas questões que é preciso resolver, haverá a possibilidade de sanções – da chamada ‘terceira fase’ de sanções -, porque não pode haver mais destabilização na Ucrânia”.

Segundo Merkel, as sanções em questão, que deverão visar a economia russa, podem ser decididas na próxima cimeira da União Europeia, a 26 e 27 de Junho.

O correspondente da euronews, James Franey, frisa que “a chanceler alemã disse aos jornalistas que uma ‘continuação da destabilização’ na Ucrânia poderá conduzir a mais sanções. Mas o problema é que as ‘linhas vermelhas’ definidas pela Europa já foram ultrapassadas várias vezes, tanto na Crimeia como o Leste do país, o que leva alguns a questionar se o Ocidente não começa a esgotar a tinta vermelha”.