Última hora

Última hora

Brasil 2014: Coreia do Sul quer repetir fórmula de 2002

Em leitura:

Brasil 2014: Coreia do Sul quer repetir fórmula de 2002

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Sul é já uma equipa habituada a estas andanças e desde 1982 que não falha a presença num Campeonato do Mundo.

Em 2002 chegaram às meias-finais, ainda que a jogar em casa, pelo que as dificuldades na qualificação e as más exibições não passaram despercebidas aos adeptos, que exigiram a cabeça do treinador Choi Kang-Hee. Mesmo com a qualificação já garantida.

Na tentativa de recuperar o espírito de 2002, chamaram o capitão dessa equipa, Hong Myung-bo, não esconde as influências de Guus Hiddink no seu trabalho.

Uma receita de sucesso que já garantiu ao selecionador a medalha de bronze nos últimos Jogos Olímpicos. Um lugar no pódio, no entanto, é improvável no Brasil.

É verdade que no ataque os velozes Lee Chung-yong e Son Heung-min podem causar problemas a qualquer equipa, mas a falta de consistência defensiva, principalmente nos lances de bola parada, pode causar dissabores aos sul-coreanos.

Ainda assim têm valor mais que suficiente mas chegar aos oitavos-de-final, num grupo em que têm pela frente Rússia, Argélia e Bélgica.