Última hora

Última hora

Emprego nos Estados Unidos volta ao nível pré-recessão

Em leitura:

Emprego nos Estados Unidos volta ao nível pré-recessão

Tamanho do texto Aa Aa

As empresas norte-americanas mantiveram em maio o ritmo sólido de contratações, devolvendo o emprego nos Estados Unidos ao nível pré-recessão. No pico da crise, a economia norte-americana tinha perdido 8,7 milhões de empregos.

Nos setores não-agrícolas, foram criados 217 mil postos de trabalho em maio, contra 282 mil postos de trabalho no mês anterior.

Apesar da desaceleração face a abril, maio foi o quarto mês consecutivo em que a economia norte-americana criou mais de 200 mil empregos.

A taxa de desemprego nos Estados Unidos manteve-se nos 6,3% em maio, o nível mais baixo em cinco anos e meio.

Na quinta-feira tinha sido divulgado que os pedidos de subsídio de desemprego em maio atingiram mínimos de sete anos. O número de norte-americanos que recebiam subsídio na semana que terminou a 24 de maio diminuiu em 20 mil para 2,6 milhões.