Última hora

Última hora

Papa junta Shimon Peres e Mahmoud Abbas numa oração pela paz

Em leitura:

Papa junta Shimon Peres e Mahmoud Abbas numa oração pela paz

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco tenta reavivar o sonho da paz, juntando os presidentes israelita e palestiniano, numa oração conjunta, nos jardins do Vaticano. Um convite surpresa, feito pelo Sumo Pontífice, durante a sua visita à Terra Santa.

Será a primeira vez que uma reunião do género ocorre nesta cidade-Estado. Uma iniciativa que é também a primeira, em mais de um ano, que junta Shimon Peres e Mahmoud Abbas.

Segundo as autoridades do Vaticano a oração, que decorrerá na noite de domingo, não tem objetivos políticos mas sim de pacificação:

“Ninguém tem a presunção de pensar, nem por um segundo, falo daqueles que compreendem a situação no Médio Oriente, que na segunda-feira, de repente se fará a paz, ou que estaremos mais perto de alcançá-la. A intenção desta iniciativa é reabrir um caminho que talvez tenha estado fechado demasiado tempo. É criar um novo desejo, a possibilidade de sonhar”, explicou Pierbattista Pizzaballa, O custódio da Terra Santa.

Um dos momentos simbólicos ocorrerá quando for plantada uma oliveira nos jardins onde acontece esta cerimónia.