Última hora

Última hora

Bulgária suspende construção do gasoduto South Stream

Em leitura:

Bulgária suspende construção do gasoduto South Stream

Tamanho do texto Aa Aa

O gasoduto South Stream está ameaçado. A Bulgária suspendeu as obras de construção do gasoduto promovido pela russa Gazprom, após o pedido da União Europeia, que quer apurar eventuais irregularidades com a lei comunitária.

Bruxelas saudou a decisão.

Mas Sofia garante não ter abandonado o projeto e está convencida de que será encontrada uma solução.

Já o primeiro-ministro sérvio desmentiu um dos seus ministros, que evocava também a suspensão do projeto no país. Aleksandar Vucic defende: “Uma tal decisão tem de ser tomada pelo governo sérvio. Por agora, o projeto South Stream avança como planeado. Se houver mudanças, o governo tomará a decisão e irá comunicá-la”.

O South Stream, com uma capacidade de 63 mil milhões de metros cúbicos de gás por ano, permitiria à Gazprom usar o Mar Negro para contornar a Ucrânia para as entregas ao centro e sul da Europa. O projeto, avaliado em 33 mil milhões de euros, deveria estar concluído dentro de quatro anos.

Para lá do pedido de Bruxelas, a Bulgária sofre também a pressão dos Estados Unidos. Washington ameaça penalizar o país por colaborar com empresas russas alvo de sanções internacionais.