Última hora

Em leitura:

"Martyrs": O sofrimento segundo Bill Viola


le mag

"Martyrs": O sofrimento segundo Bill Viola

Em parceria com

A Catedral de São Paulo, em Londres, é o palco para uma instalação do artista norte-americano de vídeo arte, Bill Viola.

Ao fundo da nave leste da igreja, no lugar dedicado aos mártires, surge ‘Martyrs – Earth, Air, Fire and Wind’. Em quatro gigantescos monitores encenam-se os momentos finais de quatro personagens fustigados pelos quatro elementos naturais, Terra, Água, Fogo e Vento.

Kira Perov, mulher e colaboradora de Viola, explica que o objetivo não foi fazer uma obra religiosa:

“Não há um ponto de vista cristão, islâmico ou de qualquer outra religião. De facto, é algo dominado pelas forças da natureza e a morte é também uma força da natureza”.

Mais do que uma interpretação estética, Bill Viola espera que a obra proporcione um momento de contemplação ao público:

“Queremos abrandar o ritmo das pessoas. O mundo tornou-se rápido demais, acho que está fora de controlo. Penso que temos de ter muito cuidado e acho que é por isso que há agora tanta gente a praticar ioga e meditação”.

‘Martyrs’ é a primeira de duas instalações de Bill Viola que vão estar patentes em permanência na Catedral de São Paulo. A segunda, ‘Mary’, deverá estar pronta em 2015.

Mesmo em frente da Catedral, só é necessário atravessar o Tamisa para contemplar um trabalho mais antigo de Viola: ‘Tiny Deaths’, de 1993, está patente no Tate Modern.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

le mag

"La Copa de Todos": A canção do Mundial do Brasil em versão espanhola