Última hora

Última hora

Exposição não autorizada reúne obras de Banksy em Londres

Em leitura:

Exposição não autorizada reúne obras de Banksy em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Uma exposição não autorizada das obras de Banksy abriu as portas em Londres.

As mais de setenta obras em exposição foram reunidas pelo ex-agente do célebre artista anónimo.

Steve Lazarides decidiu pintar a galeria Sotheby’s num estilo grafite mas não tem a certeza do que a iniciativa agrada ao próprio Banksy.

“É provavelmente a última coisa que ele queria ver. É uma exposição não autorizada. Ele não tem nada a ver com o evento, exceto o facto de ter sido ele a fazer as pinturas. Penso que é interessante reunir todas as obras”, disse Steve Lazarides.

No início algumas obras não valiam quase nada, hoje custam milhares ou mesmo centenas de milhares de euros. Um dos trabalhos de Banksy foi vendido num leilão por um milhão e trezentos mil euros.

“Estou muito interessado em conhecer a reação das pessoas ao trabalho dele. Quando começámos a vendê-lo, algumas obras valiam menos de cem libras. A forma como as pessoas olham para as coisas quando não valem muito é muito diferente do que quando valem milhões”, sublinhou Lazarides.

Banksy fez os seus primeiros grafites em Bristol, na Grã-Bretanha, nos anos 90. Mais tarde começou a pintar em telas. Para Steve Lazarides, as obras agradam ao público por serem fáceis de entender.

“São genuinamente acessíveis e isso apela às pessoas. Ele é um dos poucos artistas nos últimos anos que retrata temas políticos de uma forma compreensível.”

A retrospetiva não oficial de Banksy pode ser visitada em Londres na galeria Sotheby’s até 25 de julho.