Última hora

Última hora

Negociações de última hora em Bruxelas para tentar resolver conflito do gás entre Rússia e Ucrânia

Em leitura:

Negociações de última hora em Bruxelas para tentar resolver conflito do gás entre Rússia e Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Várias horas de negociações tardias em Bruxelas não bastaram para que as delegações russa e ucraniana encontrassem uma solução para o contencioso do gás.

Moscovo avisou que a ucraniana Naftogaz deve pagar a dívida ao gigante russo Gazprom ainda esta terça-feira, para evitar um corte nos abastecimentos que, para além da Ucrânia, afetaria também a União Europeia.

Mas não há acordo sobre o valor a pagar. Kiev diz que deve cerca de 1500 milhões de dólares, enquanto a Gazprom reclama perto de cinco mil milhões de dólares.

Depois da queda em Abril do presidente ucraniano Viktor Ianukovitch, próximo de Moscovo, a companhia russa decidiu praticamente duplicar o preço cobrado à Naftogaz, para 485 dólares por mil metros cúbicos de gás. Bruxelas sugeriu um preço médio de 350 dólares para resolver o conflito.