Última hora

Última hora

Iraque: Cresce o controlo dos rebeldes do EIIL

Em leitura:

Iraque: Cresce o controlo dos rebeldes do EIIL

Tamanho do texto Aa Aa

Em Kirkuk a polícia e as forças de segurança durante as patrulhas depararam com veículos abandonados em chamas, destruídos pelos guerrilheiros do movimento Estado Islâmico no Iraque e no Levante (EIIL) que, com uma devastadora demonstração de força contra o governo xiita, controla várias cidades do norte do país.

Os rebeldes reclamam também o controlo dos acessos à província de Ninive.

Perante este quadro, o Primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki pediu ao Parlamento que fosse declarado o estado de emergência em todo o país.

Por seu lado, o líder xiita Moqtada al-Sadr apelou à formação de brigadas para defender os sítios religiosos sagrados no Iraque, incluindo os túmulos de dois imãs em Samarra.

Depois de terem conquistado o controlo de Mossul, a segunda cidade do Iraque e capital da província petrolífera de Kirkuk, os extremistas avançaram para Baiji,
onde se situa a maior refinaria de petróleo do país guardada por 250 soldados iraquianos que, após negociações com representantes dos extremistas, desertaram em troca de salvos condutos.

Formado em 2006 e com práticas mais radicais que a Al-Qaida, o movimento Estado Islâmico do Iraque e do Levante tem como objetivo criar um emirado islâmico na Síria e no Iraque.