Última hora

Última hora

"Não queiram colocar a Turquia à prova"

Em leitura:

"Não queiram colocar a Turquia à prova"

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia ameaça retaliar se algo acontecer aos cerca de 80 cidadãos nacionais sequestrados em Mossul, a segunda maior cidade do Iraque. Ancara convocou mesmo uma reunião de emergência no seio da NATO para dar conta da evolução do contexto. O governo turco também foi mobilizado após a investida do movimento radical Estado Islâmico do Iraque e do Levante no consulado de Mossul e da captura de 49 pessoas, incluindo o consul, membros das forças especiais e três crianças.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Ahmet Davutoglu, foi bastante peremtório: “O mais importante é garantir o regresso em segurança dos nossos funcionários e das suas famílias. Seja na Síria, no Iraque, ou em qualquer outra parte do mundo, todos aqueles que colocarem em risco a vida dos nossos cidadãos enfrentarão a resposta devida. Não queiram colocar à prova a determinação da Turquia.”

Na passada terça-feira, o mesmo grupo radical raptou cerca de 30 camionistas turcos que transportavam combustível para Mossul.