Última hora

Última hora

Ruanda e Congo descartam nova escalada militar após confrontos junto à fronteira

Em leitura:

Ruanda e Congo descartam nova escalada militar após confrontos junto à fronteira

Tamanho do texto Aa Aa

A ONU vai abrir uma investigação aos confrontos desta quarta-feira entre soldados do Ruanda e militares congoleses, num momento em que os dois países trocam acusações sobre a origem do acidente.

O governo da República Democrática do Congo denuncia o que considera ser uma provocação, afirmando que pelo menos seis soldados do país terão morrido nos combates, depois de um grupo de militares ruandeses ter alegadamente sequestrado e morto um cabo junto à fronteira com a região do Norte Kivu.

Do lado ruandês, as autoridades afirmam ter disparado após um grupo de militares ter penetrado ilegalmente no território.

Os dois países descartam no entanto uma nova escalada da tensão no Norte Kivu, patrulhado pelos capacetes azuis da ONU desde que os principais grupos rebeldes rivais da região decidiram depor as armas em Março.