Última hora

Última hora

Febre do futebol chega ao espaço

Em leitura:

Febre do futebol chega ao espaço

Tamanho do texto Aa Aa

É aqui, na cidade de São Paulo, mais precisamente no Arena Corínthians que será dado o pontapé de saída do Campeonato do Mundo de Futebol.

Depois de atrasos, muita ansiedade e 150 milhões de dólares de custos suplementares, o estádio passa o primeiro teste, quando as bancadas se encherem para o jogo entre o Brasil e a Croácia.

No Rio de Janeiro, por enquanto ainda só se joga na praia. A cidade maravilhosa está repleta de turistas, como estes dois britânicos que aguardam a entrada em competição da equipa nacional.

“Eu fiz as reservas antes da qualificação, por isso estava nervoso, porque se não nos qualificássemos, bem, não seria uma viagem perdida, mas não seria tão bom”

“Estar aqui com os meus amigos é a melhor coisa a fazer neste momento. É a melhor maneira de aproveitar o verão”.

1200 quilómetros mais ao norte, em São Salvador da Baía, há bandeiras das seleções que vão jogar no Arena Fonte Nova por todo o lado e as ruas engalanaram-se para receber o Mundial.

A febre do futebol espalha-se literalmente por toda o planeta e arredores. Os astronautas da Estação Espacial Internacional também estão prontos para a festa e até já começaram a treinar…