Última hora

Última hora

Iraque: jihadistas tomam Tikrit e aproximam-se de Bagdade

Em leitura:

Iraque: jihadistas tomam Tikrit e aproximam-se de Bagdade

Tamanho do texto Aa Aa

Os jihadistas do Estado Islâmico no Iraque e no Levante avançam rapidamente em direção a Bagdade.

Os combatentes sunitas conquistaram esta quarta-feira Tikrit, segunda cidade iraquiana a cair nas mãos da insurgência, um dia depois de Mossul. Os rebeldes aproximaram-se também da maior refinaria de petróleo do país e tomaram duas outras pequenas cidades a norte da capital, prosseguindo na expansão com o objetivo de criar um califado sunita na fronteira entre o Iraque e a Síria.

As forças comandadas pelo governo liderado pelo xiita Nuri al-Maliki parecem incapazes de parar o avanço dos jihadistas. O primeiro-ministro apelou ao parlamento, que se reúne hoje, para que decrete o estado de emergência.

Face a jihadistas fortemente armados, soldados e polícias oferecem uma fraca resistência. Maliki descreveu a queda de Mossul na terça-feira como uma “conspiração” e disse que os militares que abandonaram posições e fugiram da cidade serão punidos.

De acordo com a Organização Mundial para as Migrações, até ao momento, mais de meio milhão de iraquianos fugiram das suas casas, devido ao avanço dos insurgentes sunitas no norte do país. Muitos procuram refúgio na região autónoma do Curdistão iraquiano.