Última hora

Última hora

Espanha vai privatizar parcialmente os aeroportos e liberalizar o transporte ferroviário de passageiros

Em leitura:

Espanha vai privatizar parcialmente os aeroportos e liberalizar o transporte ferroviário de passageiros

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol aprovou a privatização parcial da empresa que gere os aeroportos do país e vai abrir à concorrência o transporte ferroviário entre Madrid e as cidades junto à costa leste de Espanha.

Os conservadores no poder vão privatizar 49% da Aena, a maior gestora aeroportuária do mundo. Uma operação que pode render perto de 8.000 milhões de euros aos cofres espanhóis.

Quanto aos comboios, a ministra do Fomento, Ana Pastor, referiu que o objetivo é “dotar o mercado ferroviário de uma maior oferta de serviços, de preços muito mais competitivos, graças à maior concorrência, e de aumentar a utilização do transporte ferroviário”.

O governo de Mariano Rajoy vai liberalizar o transporte de passageiros no chamado corredor do Levante, onde estão as linhas que ligam Madrid a cidades com Valência, Alicante ou Múrcia. Só a linha Madrid-Alicante transporta mais de 2 milhões de passageiros por ano.