Última hora

Última hora

Ucrânia: Militares vencem separatistas e Governo recupera Mariupol

Em leitura:

Ucrânia: Militares vencem separatistas e Governo recupera Mariupol

Tamanho do texto Aa Aa

O exército da Ucrânia recuperou esta sexta-feira a cidade costeira de Mariupol, um importante ponto estratégico que estava sob controlo dos separatistas pró-russos. Pelo menos cinco rebeldes e dois militares ucranianos terão morrido, numa operação especial iniciada às primeiras horas da madrugada e que terá durado seis horas, tendo e deixado, ainda, pelo menos quatro feridos entre os militares às ordens do Governo ucraniano.

Testemunhas garante que os separatistas eram liderados em Mariupol por um comandante checheno. Após violentos confrontos, os rebeldes acabaram derrotados pelos militares e com muitos dos respetivos veículos blindados em chamas no centro da cidade.

A bandeira azul e amarela da Ucrânia voltou, assim, a ser hasteada em Mariupol, importante ponto estratégico no sudeste da Ucrânia e que, inclusive, estará a ser ponderado pelo presidente Petro Poroshenko para substituir a ainda problemática Donetsk como a nova cidade-sede da região administrativa de Donetsk Oblast.

O novo Presidente da Ucrânia está, aliás, determinado a erradicar de vez as forças separatistas que continuam a controlar algumas cidades no leste do país. Uma resistência separatista que estará a impedir a Ucrânia de se focar na própria recuperação da estabilidade económica e social após a destituição, em fevereiro, do antigo presidente Viktor Ianukovich.

Como parte desta operação a larga escala de combate aos separatistas, o governo ucraniano está a preparar uma nova força policial antimotim, que visa substituir a antiga Berkut, mas com uma melhor e mais cuidada imagem.