Última hora

Última hora

Assembleias de voto para segunda volta das presidenciais no Afeganistão já fecharam

Em leitura:

Assembleias de voto para segunda volta das presidenciais no Afeganistão já fecharam

Tamanho do texto Aa Aa

As assembleias de voto da segunda volta das presidenciais no Afeganistão para eleger o sucessor de Hamid Karzai fecharam hoje às 16:00 locais (11:30 TMG), anunciaram as autoridades eleitorais.

Os eleitores que ainda estavam nas filas no momento do encerramento
das assembleias de voto podem ainda votar, assegurou Zia Ul Haq Amarkhail,
chefe do secretário da comissão eleitoral independente.

“O processo eleitoral foi um sucesso”, assegurou o responsável, não
tendo sido registado qualquer incidente importante durante o dia, apesar
das ameaças dos talibãs, que tinham prometido ataques contra as assembleias
de voto e o pessoal envolvido nestas eleições.

As eleições, que representam a primeira passagem de poder entre dois
presidentes afegãos democraticamente eleitos, eram consideradas como um
teste para este país pobre e em parte controlado pelos talibãs.

Apesar de ser demasiado cedo para fazer o balanço do escrutínio, estando
ainda eventuais fraudes por determinar, o simples facto de se terem realizado
sem perturbações significativas soa como uma vitória para o presidente Karzai
e para a comunidade internacional, que o pôs na presidência depois da deposição
dos talibãs em 2001.

Nesta segunda volta, os afegãos eram chamados a escolher entre o favorito
Abdullah Abdullah, de 53 anos, antigo porta-voz do comandante Massoud, que
obteve 45% dos votos na primeira volta, a 05 de abril, e o adversário Ashraf
Ghani, de 65 anos, um ex-quadro do Banco Mundial, que na primeira volta
obteve 31,6% dos votos.

Resultados provisórios das eleições deverão ser divulgados a 02 de julho
e definitivos a 22 de julho.

O novo presidente afegão tomará posse a 02 de agosto.

LUSA