Última hora

Última hora

Dez pessoas morreram afogadas em viagem ilegal para a Europa

Em leitura:

Dez pessoas morreram afogadas em viagem ilegal para a Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Dez pessoas morreram afogadas quando o barco em que alegadamente tentavam cruzar o Mediterrâneo do norte de África para a Europa afundou ao largo da Líbia. Do naufrágio, ainda assim, escaparam 39 pessoas, socorridas a tempo pelas autoridades italianas.

A nacionalidade das vítimas deste acidente trágico não foi revelada. Os sobreviventes foram recolhidos pelo navio Etna, que deverá chegar este domingo a Palermo este domingo, levando a bordo cerca de 700 migrantes resgatados nos últimos dias.

Num outro caso, dois barcos da guarda costeira italiana resgataram 288 migrantes sírios num barco de madeira com apenas 20 metros de comprimento. Entre estes resgatados, que foram levados para o porto de Reggio Calabria, estavam 140 crianças.

Só este ano, adiantam as autoridades costeiras italianas, pelo menos 50 mil pessoas terão conseguido atravessar do norte de África para Itália, ultrapassando já os 40 mil que fizeram esta mesma travessia no ano passado.