Última hora

Em leitura:

Mundial 2014: Holanda terraplanou a Espanha


the corner

Mundial 2014: Holanda terraplanou a Espanha

O segundo dia do Mundial 2014 terminou com o jogo Chile-Austrália, mas as luzes estavam apontadas para a Arena Fonte Nova, em Salvador, onde a Espanha sofreu uma derrota esmagadora frente à Holanda.

Holanda dominadora

O dia 2 do Mundial ofereceu-nos a reedição da final de 2010, com a Holanda a arrasar os espanhóis por 5 a 1.

O marcador foi inaugurado por Xabi Alonso, aos 27 minutos.

A partir daí, começou o tormento dos espanhóis. O avançado Robin Van Persi fez o empate aos 44 minutos, Robben deu a volta ao marcador aos 53, e De Vrij fez o 3-1, aos 64 minutos. Van Persie bisou, aos 72 minutos e Robben fez o 1-5, aos 80.

Chile impõe-se

O segundo encontro do Grupo B confrontou o Chile à Austrália, que conseguiu a sua terceira presença consecutiva num Mundial. Para os australianos, o objetivo desta presença no Mundial é repetir a presença nos oitavos de final que conseguiram em 2006.

O Chile conseguiu dois golos de rajada, marcados por Alexis Sánchez aos 12 minutos e por Valdivia aos 14. A Autrália reduziu aos 35 minutos, com uma cabeçada de Tim Cahill, mas Beausejour fez o 3-1 nos descontos.

México venceu Camarões

O México levou a melhor sobre os Leões Indomáveis, com um golo de Oribe Peralta aos 61 minutos, no segundo jogo do Mundial 2014.

Uma vitória merecida, na Arena das Dunas, que colocou a Tricolor na dianteira do Grupo A, a par do Brasil.

Tal como acontecera na partida inaugural entre Brasil e Croácia, o confronto desta sexta-feira ficou ensombrado por decisões polémicas do trio de arbitragem, com um golo invalidado aos Camarões e dois golos mal anulados do atacante mexicano Giovani dos Santos.

Previsões para sábado

Quatro jogos estão agendados para a noite de sábado. A expetativa é grande face ao Inglaterra-Itália, que será disputado em Manaus – o calor, as condiçôes do terreno, demasiado seco e arenoso, são razões de preocupação.

Mantém-se o mistério sobre a composição do onze italiano, que no Brasil vai enfentar a Inglaterra. Com desempenho de pouco destaque nos últimos tempos, os olhos da Itália continuam voltados para Cesare Prandelli, que já colocou Rossi fora da equação. Prandelli tem de se passar sem um De Sciglio lesionado, embora Verratti esteja provavelmente capaz de entrar em campo.

Algumas incertezas igualmente do lado britânico. Os homens de Hodgson formam uma seleção renovada, mas sem grande rodagem em confrontos deste gabarito, ficando a responsabilidade de brilhar em cima dos ombros de Rooney e Gerrard. O treinador inglês não deixou perceber o que vai decidir com Welbeck, ainda não inteiramente recuperado, talvez contando que entretanto regresse à plena forma.

No outro jogo do grupo D, o Uruguai vai jogar sem Luis Suárez, operado há três semanas por uma lesão, embora conte com Cavani, frente a uma Costa Rica, a priori, una de las cenicientas de la competición.

A Colombia e a Grécia estão no Brasil também com ambições de brilhar. A Grécia conta com os atributos de robustez como equipa e sonha com marcações de Konstantinos Mitroglou. O objetivo de Fernando Santos, que se prepara para deixar a Grécia depois do Mundial, é passar a fase de grupos.

Já a Colômbia, pode oferecer surpresas, de volta a um Mundial após ter estado ausente durante três edições. Na mala de José Pekerman, está a estrela Radamel Falcao e uma série de jogadores de talento provado como Martínez, Bacca, Segundo Ibarbo e Ramos.

Noutro confronto do Grupo C, a Costa do Marfim vai a campo com o Japão. Uma partida na qual se jogam as chances dos africanos e dos asiáticos de alcançar a classificação.

Prognósticos

Podemos enganar-nos, sim, mas eis os nossos prognósticos para os jogos desta noite de sábado. E esperamos pelas vossas previsões também, nas redes sociais, usando o hashtag cardinal TheCornerScores ( #TheCornerScores )

Chegamos ao fim desta edição do The Corner Especial Mundial 2014. Continue a acompanhar connosco este evento inesquecível no Brasil.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

the corner

Brasil arrasou a Croácia no arranque do Mundial