Última hora

Última hora

Kiev e Moscovo falham negociações sobre a crise do gás

Em leitura:

Kiev e Moscovo falham negociações sobre a crise do gás

Tamanho do texto Aa Aa

Nenhum compromisso foi encontrado nas últimas horas em Kiev para evitar o corte de gás russo e as negociações entre a Rússia e a Ucrânia não tem data para novas reuniões.

Apesar dos esforços de mediação da União Europeia a batalha sobre os preços do gás natural não foi resolvida e o impasse sobre a dívida também não.

No encontro estiveram ontem primeiro-ministro ucraniano Arseniy Yatsenyuk, ministro da Energia Yuri Prodan, chefe da Gazprom, Alexei Miller, e seu colega da empresa de energia ucraniana Naftogaz estado, Andriy Kobolev.

A Ucrânia compra energia a outros de países da Europa de Leste mas as suas necessidades de gás dificilmente seriam satisfeitas sem as entregas da Gazprom que repetidamente ameaça fechar a torneira tendo adiado o prazo para pagamento da dívida várias vezes.

Os russos aumentaram o preço do gás para a Ucrânia em abril. Kiev batalha para que o preço seja reduzido.