Última hora

Última hora

Palestina responde às acusações israelitas de rapto

Em leitura:

Palestina responde às acusações israelitas de rapto

Tamanho do texto Aa Aa

Palestinianos respondem às acusações lançadas pelo Primeiro-ministro israelita, que acusou o movimento islâmico Hamas de ter sequestrado os três jovens israelitas, desaparecidos desde quinta-feira.

O Fatah, a maior fação da Organização para a Libertação da Palestina, garante que o incidente ocorreu em território controlado por Israel:

“Isso indica que há um problema ou uma falha no sistema de segurança israelita, as pessoas desapareceram numa área que é, totalmente, controlada pelas autoridades israelitas, uma área estratégica onde há acampamentos militares israelitas.”

Segundo a imprensa israelita, os três jovens raptados estariam a pedir boleia quando desapareceram, próximo do colonato de Gush Etzion, localizado entre as cidades de Belém e Hebron, pretenderiam chegar o Jerusalém.

O exército israelita montou uma grande operação de buscas, na região de Hebron, envolvendo mais de 2.500 soldados.

Israel deteve, entretanto, 80 palestinianos e reforçou o bloqueio à Cisjordânia.