Última hora

Última hora

"Guerra do gás" leva Alemanha a investigar venda da RWE

Em leitura:

"Guerra do gás" leva Alemanha a investigar venda da RWE

Tamanho do texto Aa Aa

Face ao espetro da terceira “guerra do gás”, em oito anos, entre Moscovo e Kiev, a Alemanha decidiu abrir um inquérito sobre a planeada venda de ativos da RWE a uma empresa controlada por um oligarca russo.

Em março, o grupo energético alemão, RWE, anunciara a venda prevista de 5 mil milhões de euros de ativos ao LetterOne Group, uma filial do Alfa Grupo, pertença do oligarca russo Mikhail Fridman.

O governo de Angela Merkel mandou agora investigar o acordo, ao abrigo da lei alemã de Negócios Estrangeiros – uma legislação que permite, ao país, adiar ou mesmo bloquear vendas e fusões internacionais com base em imperativos de segurança nacional ou de controlo de infraestruturas estratégicas.