Última hora

Última hora

"The Rover": história de um futuro anunciado

Em leitura:

"The Rover": história de um futuro anunciado

Tamanho do texto Aa Aa

Estreado na última edição do festival de Cannes, “The Rover” de David Michod marca o regresso de Robert Pattinson que desta feita trocou as garras de vampiro por calças de ganga, uma T-shirt e botas contracenando com Guy Pearce.

O filme transporta-nos para um futuro próximo, dez anos após o colapso da economia ocidental. O personagem desempenhado por Guy Pearce deixou tudo para trás e vive no deserto australiano. Um grupo de bandidos assalta-o roubando-lhe o carro.

Falando aquando da estreia do filme, Robert Pattinson adianta “a história de “The Rover” é muito simples. É sobre um tipo a quem lhe roubam o carro. Esta personagem, desempenhada por Guy Pearce, quer o carro de volta. O ladrão é irmão da personagem que eu represento. O Guy acaba por me raptar e leva-me numa viagem um pouco estranha. Por um lado ele está a tentar mudar-me, por outro quer castigar-me e ele próprio acaba um pouco afetado”.

A história de “The Rover” passa-se num mundo em crise na qual a economia entrou em colapso e a moral foi substituída pela violência e crime.

“Durante a preparação do filme, para mim foi importante tornar este futuro plausível. Queria que o resultado final espelhasse as forças malignas da ganância que hoje vemos por todo o lado”, afirma o realizador, David Michod.

Desde a estreia em Cannes que o filme tem vindo a merecer a atenção dos cinéfilos. Os desempenhos de Pearce e Pattinson têm merecido críticas positivas.