Última hora

Última hora

Ucrânia: Gás russo em sistema de pré-pagamento

Em leitura:

Ucrânia: Gás russo em sistema de pré-pagamento

Tamanho do texto Aa Aa

O consórcio russo Gazprom anunciou hoje a passagem para um sistema de pré-pagamento no fornecimento de gás à Ucrânia.

A decisão foi anunciada depois de às 10:00 em Moscovo ter terminado o prazo que a Rússia tinha dado a Kiev para pagar 1,45 mil milhões de euros por dívidas anteriores de fornecimento.

A Naftogaz Ukrainy, a empresa de gás ucraniana, tem dívidas crónicas com a Gazprom.

“Quero sublinhar que o volume de gás destinado aos consumidores europeus continuará, em total cumprimento dos números acordados contratualmente.
A Naftogaz Ukrainy, segundo o acordo de transporte, tem de fazer chegar ininterruptamente o gás ao ponto de distribuição”, afirmou Sergei Kupriyanov, porta-voz da Gazprom.

Cerca de 15% do gás consumido na Europa, vindo da Rússia, é transportado através da Ucrânia.

Segundo o consórcio russo, a dívida ucraniana ascende 3.291 milhões de euros, dos quais 1.071 milhões correspondem aos fornecimentos de novembro e dezembro e o restante aos meses de abril e maio deste ano.