Última hora

Última hora

Felipe VI proclamado rei de Espanha

Em leitura:

Felipe VI proclamado rei de Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

Duas semanas depois da abdicação de Juan Carlos, Felipe VI foi proclamado rei pelas Cortes de Espanha.

Numa cerimónia que decorreu no Congresso dos Deputados, em Madrid mais mais de mil convidados, incluindo a família real, membros do Governo, ex-presidentes do Governo e presidentes de Governos regionais marcaram presença, mas não esteve qualquer representante das famílias reais europeias.

No discurso de juramento, Felipe VI garantiu que “no desempenho das minhas responsabilidades, vão encontrar em mim um chefe de Estado leal e disposto a escutar, a compreender, a chamar a atenção e a aconselhar. Além disso, vou defender sempre os interesses gerais”.

Nesta cerimónia histórica que marcou a proclamação do primeiro rei em democracia em Espanham, o novo rei agradeceu ainda ao pai, Juan Carlos, que não esteve presente, e à
mãe, Sofia, que “dedicaram toda a vida ao serviço dos espanhóis”. Palavras muito aplaudidas por quem estava no Congresso dos Deputados.

Pouco tempo antes, ao início da manhã numa curta cerimónia no Palácio da Zarzuela, Juan Carlos passou o testemunho ao filho: impôs a Felipe VI, a faixa de capitão geral dos três ramos militares de Espanha, cargo que o monarca assume com a chefia de Estado.

A partilhar este momento estavam a rainha Letizia, as filhas, Sofia, a rainha cessante, e a infanta Elena com o filho Juan Froilán.