Última hora

Última hora

Made in Dagenham leva Gemma Arterton ao palco

Em leitura:

Made in Dagenham leva Gemma Arterton ao palco

Tamanho do texto Aa Aa

Gemma Arterton, conhecida pelas suas interpretações em “O Príncipe da Pérsia” ou “Hansel e Gretel: Caçadores de Bruxas”, trocou o cinema pelo palco. A atriz é a intérprete principal numa adaptação do musical Made in Dagenham, que estreia em Londres em outubro. Um desafio para Arterton:

“Por muito que eu tivesse um bom pressentimento, em relação ao espetáculo, eu só pensava que eu não sou uma atriz de teatro musical, não canto – quero dizer, canto no karaoke quando estou muito bêbada – por isso, como vou ser capaz de fazê-lo? E eles disseram-se: fazendo! Então participei em dois workshops e apaixonei-me pelo projeto”.

A peça, baseada no filme de Nigel Cole, de 2010, centra-se numa greve de mulheres, em 1968, contra a discriminação sexual, nas fábricas da Ford:

“Acho que é um daqueles espetáculos que nos move. E isso foi algo que senti ao ver o filme. Deu-me vontade de me levantar, cantar, de agir. Hoje, “estamos autorizados” a transformar esta realidade em teatro musical e espero que isso deixe as pessoas entusiasmadas”, acrescenta a atriz.

Na estreia estiveram algumas das protagonistas deste momento, na vida real. Trabalhadoras que se viraram contra os patrões, contra a comunidade local e contra o governo. Mulheres que ousaram e quebraram barreiras. Gwen Davis é uma dessas mulheres:

“Acho, absolutamente maravilhoso, nunca pensei que a nossa greve despoletasse tudo isto. Quando voltámos ao trabalho, após a greve, toda a gente nos ignorou. Foi como se se tivesse passado apenas mais um dia. O filme colocou, realmente, o foco naquilo que nós fizemos, de outra forma, ninguém se preocuparia connosco. O filme fez com que toda a gente ficasse ciente da nossa luta pelos nossos direitos”.

O musical estará em cena, a partir de 9 de outubro, no Adelphi Theatre de Londres.