Última hora

Última hora

Polónia: Escândalo ameaça governo de Donald Tusk

Em leitura:

Polónia: Escândalo ameaça governo de Donald Tusk

Tamanho do texto Aa Aa

O Primeiro-ministro polaco, Donald Tusk, admitiu esta quinta-feira a hipótese de eleições legislativas antecipadas devido à conversa entre o Ministro do Interior e o Presidente do Banco Central da Polónia, divulgada na revista Wprost.

O semanário publicou sábado uma conversa entre o Ministro do Interior e o Presidente do Banco Central da Polónia, onde se discutia uma possível ajuda da instituição ao executivo se o Ministro das Finanças fosse demitido. A conversa aconteceu em julho do ano passado, durante um jantar.

O principal partido da oposição exige a demissão do executivo e garante que apresentará uma moção de censura se isso não acontecer.

Na quarta-feira a sede da publicação foi alvo de uma busca levada a cabo por agentes da contra espionagem e da polícia, na presença do procurador-geral.

Perante a recusa do diretor da revista entregar o computador pessoal e as gravações originais da conversa, as autoridades acabaram por abandonar a operação.