Última hora

Última hora

Ucrânia assina Acordo de Associação com a UE a 27 de junho

Em leitura:

Ucrânia assina Acordo de Associação com a UE a 27 de junho

Tamanho do texto Aa Aa

Acompanhado pelo novo chefe da Diplomacia e pelo anterior, o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, anunciou, esta quinta-feira, que, no próximo dia 27, vai assinar a última parte – a parte económica – do Acordo de Associação da Ucrânia com a União Europeia.

O mesmo que o anterior presidente, Vitor Ianukovich, recusou assinar, lançando o caos no país, como Poroshenko fez questão de recordar: “Temos estado à espera deste Acordo há tanto tempo. É isso que milhões de ucranianos esperam e e por isso que têm lutado nos últimos seis meses! Tenho a certeza que terá lugar na próxima semana.”

Na próxima semana é também quando o novo chefe da diplomacia de Kiev – Pavlo Kilmkin, cuja nomeação recebeu esta quinta-feira, a luz verde do Parlamento – deverá apresentar, à União Europeia, o plano de paz de Poroshenko, que propõe um cessar-fogo unilateral de Kiev, para que os rebeldes possam depor as armas.

Moscovo falou de uma “boa proposta” mas reclama negociações com os separatistas. Na mesma altura em que a NATO afirma que a Rússia mobilizou milhares de tropas para a fronteira com a Ucrânia.

Enquanto os combates continuam, no leste do país, a OSCE anunciou, igualmente esta quinta-feira, ter conseguido estabelecer contacto com os seus observadores, desaparecidos desde finais de maio, precisando que estão todos “sãos e salvos”.