Última hora

Última hora

China abre cordões à bolsa na Grécia

Em leitura:

China abre cordões à bolsa na Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Grécia para aquisições e investimentos, o primeiro-ministro chinês encontra-se em Atenas para durante três dias reforçar laços económicos e financeiros com a nação helénica que tenta recuperar de uma profunda crise.

Na companhia do primeiro-ministro Antonis Samaras, Li Keqiang visitou o porto de Pireus onde a chinesa Cosco é concessionária para operar no terminal de contentores e tem os dentes afiados para adquirir a maioria do capital do porto, um dos principais do mediterrâneo.

Os dois chefes de governo visitaram o recente terminal ferroviário e deram o tiro de partida para um comboio de transporte de carga para a Europa central e de leste.

Os chineses estão também interessados em investir no setor ferroviário de modo a tornar mais célere o fluxo de bens.

Li Keqiang e Samaras concordaram em assinar uma série de acordos de comércio e de investimento da China no valor de mais de 4,5 mil milhões de dólares em setores como a construção, a energia e transportes.

O correspondente da Euronews Stamatis Giannisis afirma que “numa tentativa para colocar o país novamente nos carris do crescimento, o governo grego procura alianças tanto no interior da Europa como no exterior. Neste contexto, a China apresenta-se como um parceiro promissor uma vez que tenta abrir portas de entrada para os mercados europeus”.