Última hora

Última hora

Mais de 80 cientistas americanos expostos a anthrax

Em leitura:

Mais de 80 cientistas americanos expostos a anthrax

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 86 cientistas norte-americanos podem ter sido acidentalmente expostos a bactérias de anthrax, em três laboratórios de Atlanta, de acordo com uma nova revisão revelada nas útlimas horas. Os familiares e o resto da população não estão em perigo. Philip Brachman, especialista em saúde pública, explica: “A população está preocupada por causa da publicidade, mas não há risco para a saúde pública porque o contágio não é transmitido de humano a humano. O contágio ocorre em contato com animais ou por inalação.”

Amostras potencialmente infecciosas de anthrax foram transportadas e utilizadas para experiências em três laboratórios não equipados para lidar com essas bactérias. Anthrax, ou antraz, provoca uma infecção aguda que afeta tanto o animal como o homem. A bactéria responsável (Bacillius anthracis) também pode ser usada como arma biológica. O período normal de incubação pode levar de cinco a sete dias. As pessoas contaminadas estão a receber tratamento de 60 dias com o antibiótico ciprofloaxacin, assim como uma injeção com uma vacina.