Última hora

Última hora

Ucrânia e Rússia denunciam ataques após anúncio de cessar-fogo

Em leitura:

Ucrânia e Rússia denunciam ataques após anúncio de cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

Após o anúncio unilateral de cessar-fogo por parte da Ucrânia, Kiev e Moscovo denunciam ataques de ambos os lados da fronteira. Segundo as forças ucranianas, nove soldados seus ficaram feridos em ofensivas na região de Donetsk. Já as autoridades russas declaram que um posto de controlo em Novoshakhtinsk foi alvo de um atentado, provocando dois feridos. Um oficial relata que “primeiro, ouviram-se tiros de armas automáticas, depois efetuou-se a evacuação. Seguiram-se explosões e estilhaços por todo o lado.”

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, apresentou um plano de paz que inclui a criação de uma zona tampão ao longo da fronteira e que apela à deposição das armas dos separatistas pró-russos. Mas o Kremlin critica a ausência de negociações e considera que Poroshenko está antes a apresentar um ultimato aos rebeldes. Vladimir Putin colocou em estado de alerta as forças militares situadas no centro da Rússia, abrangendo 65 mil soldados.