Última hora

Última hora

Atirador sul-coreano cercado junto a uma escola

Em leitura:

Atirador sul-coreano cercado junto a uma escola

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas sul-coreanas encurralaram o soldado que matou cinco militares em Goseong, junto à fronteira com a Coreia do Norte. O sargento Lim refugiou-se perto de uma escola, numa zona que agora se encontra completamente circunscrita. Houve já uma troca de tiros, deixando um ferido. Os pais do atirador, levados para o local, lançaram um apelo para que ele se renda.

Um responsável militar explica que a operação mobiliza o equivalente a nove batalhões do exército, o que atesta da dimensão que esta caça ao homem assumiu.

Para além das vítimas mortais, há sete feridos na base de Goseong. O sargento Lim abriu fogo sobre a sua unidade. Ao que tudo indica, ia ser dispensado em setembro.