Última hora

Última hora

Escutas ilegais na Polónia: MNE critica aliança com os EUA

Em leitura:

Escutas ilegais na Polónia: MNE critica aliança com os EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Novo capítulo no escândalo de escutas ilegais a ministros que põe em causa o governo da Polónia.

A revista Wprost publicou esta segunda-feira a retranscrição de uma suposta conversa entre o chefe da diplomacia polaca e o ex-ministro das Finanças Jacek Rostowski, pautada por fortes críticas à aliança entre Varsóvia e Washington.

Segundo a gravação, Radoslaw Sikorski recorre a termos vulgares para dizer que a aliança com os Estados Unidos “não vale nada” e é mesmo “prejudicial” para a Polónia.

Sikorski reagiu dizendo que “o governo está a ser atacado por um grupo criminoso organizado. Ainda não se sabe quem está por trás disto, mas está a ser investigado e os responsáveis serão punidos”.

Já afetado pela revelação, há uma semana, de outra conversa comprometedora entre o ministro do Interior e o governador do Banco Central polaco, o primeiro-ministro Donald Tusk frisou que “não haverá consequências para os ministros, cujo único erro foi usar linguagem vulgar numa conversa privada. Uma reação desse tipo iria esvaziar toda a vida política, não só na Polónia, mas no resto do mundo”.

Meios de comunicação e vários homens políticos polacos sugeriram que os serviços secretos russos podem estar por trás das gravações.