Última hora

Última hora

Iraque: combatentes islamitas tomam cidade estratégica de maioria xiita

Em leitura:

Iraque: combatentes islamitas tomam cidade estratégica de maioria xiita

Tamanho do texto Aa Aa

A ofensiva dos rebeldes sunitas do Iraque conquista uma nova cidade estratégica do noroeste do país apesar dos esforços do exército iraquiano para conter o avanço sobre a capital Bagdade e a fronteira com a Síria.

Depois de vários dias de combates, o grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) afirma controlar a cidade de Tel Afar e o respetivo aeroporto, a uma centena de quilómetros da Síria e a menos de 300 quilómetros de Bagdade.

Trata-se da primeira cidade de maioria xiita a ser tomada pelos combatentes sunitas desde o início da ofensiva.

Desde domingo, que os combatentes controlam mais três zonas da fronteira com a Síria e a vizinha Jordânia depois de terem tomado as cidades mais importantes do norte do país nas últimas duas semanas.

Nos territórios “conquistados” pela insurreição sunita, os homens armados continuam a impor a lei islâmica, como em Mossul, onde exemplares do Corão estão a ser distribuídos na cidade.

Em paralelo, o governo iraquiano acusa os combatentes de centenas de execuções sumárias de soldados nos últimos dias.

Esta manhã, cerca de 69 prisioneiros foram mortos num ataque armado a uma caravana de veículos de transporte de presos em Hila, a sul de Bagdade. Trata-se do segundo ataque do género nas últimas semanas no país, quando o governo de Bagdade acusa os islamitas do EIIL de estar por detrás das ações.