Última hora

Em leitura:

Itália: polícia resolve caso de assassínio da máfia cem anos após o crime


Itália

Itália: polícia resolve caso de assassínio da máfia cem anos após o crime

Um dos mais célebres e, até hoje, misteriosos assassínios da máfia siciliana foi resolvido, esta segunda-feira, pela polícia italiana, mais de um século depois do crime.

Um simples acaso está na origem da revelação, durante uma operação da polícia contra uma rede de extorsão da “Cosa Nostra” em Palermo.

As escutas telefónicas permitiram gravar a confissão do filho do sobrinho do alegado assassino de Joe Petrosino, um detetive norte-americano enviado por Washington à Sicília, no início do século XX, para investigar as atividades da máfia do outro lado do Atlântico.

Petrosino tinha sido morto com quatro tiros em março de 1909 em Palermo. Tanto o autor – Paolo Palazzotto, familiar de um chefe mafioso detido hoje – como o mandatário do crime, um padrinho da máfia de Palermo, nunca tinham sido detidos ou julgados.

A operação denominada “Apocalipse” permitiu deter esta segunda-feira 91 pessoas acusadas de extorsão sobre vários comerciantes de Palermo, assim como de lavagem de dinheiro, crimes igualmente seculares da máfia italiana.

  • Lieutenant Petrosino

    Library of Congress

  • Lieutenant Petrosino

    Detective Lt. Joseph Petrosiino( left) , Inspector Carey and Inspector McCafferty escorting Mafia hitman Petto the Ox (Tomasso Petto, second from left)

  • Petrosino's coffin arriving to his widow's home

  • Petrosino's funeral

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Ucrânia: cessar-fogo unilateral não põe termo à tensão no leste do país